Átta Yfirmenn

De UBRwiki
Ir para navegação Ir para pesquisar
Átta Yfirmenn
ÁttaYfirmenn.png
Machado de Þenrar, deus criador.
Fundação ???
Tipo Religião
Sede  Suðvestanleið
Línguas oficiais Islenþyskur
Halfgoði Bjarnar Þenrarsson

(Pronúncia: ''Áuchta-Ífirmenn'')

Religião Politeísta da Região Sudoeste de Astarte. Oficializada em Suðvestanleið, e de caráter sacrificial.

História[editar | hide all | hide | editar código-fonte]

Krákahreiður, em Senúaforn


Práticas Religiosas[editar | hide | editar código-fonte]

Sacrifícios[editar | hide | editar código-fonte]

Þenrar[editar | hide | editar código-fonte]

Deus criador, de gênero ambíguo. Tem conhecimento de todas as coisas, é a figura paterna e materna dos deuses, assume a forma de um dragão segurando um machado na maioria das interpretações, mas também já fora representado como uma serpente gigante.

Þenrar, deus criador


Stuhn[editar | hide | editar código-fonte]

Deus da Forja, do trabalho e da riqueza, Stuhn é um deus que assume a forma de um humanóide com uma enorme barba loira, é o pai dos anões na mitologia, e o que recompensa os trabalhadores honestos que suam todos os dias para ganhar seu pão.

Stuhn, deus da forja


Ravn[editar | hide | editar código-fonte]

Deusa dos animais, da natureza e da magia. É a filha mais velha de Þenrar, e é a divindade que possibilita as práticas mágicas e sacrificiais como oferendas aos deuses. Sua forma é uma mulher nua de longos cabelos negros, rodeada de corvos e gralhas, aves consideradas sacras, por serem seus olhos e ouvidos no mundo.

Ravn, deusa da magia


Senúa[editar | hide | editar código-fonte]

Deusa da sabedoria, da alquimía e dos estudiosos. Ela quem mantém o domínio do saber e do conhecimento rúnico, está fortemente ligada com sua irmã Ravn, e é retratada como uma mulher de vestido branco segurando um tablete rúnico, e uma tocha.

Senúa, deusa da sabedoria


Tyrur[editar | hide | editar código-fonte]

Deus da guerra, dos mares e dos combatentes. É o deus mais forte, e protege aqueles que são defensores, guerreiros e desbravadores. É retratado como um homem musculoso segurando um escudo com dois remos cruzados.

Tyrur, deus da guerra


Höstur[editar | hide | editar código-fonte]

Deus dos Mortos, da névoa e do fogo. É o deus mais influente, e possui aversões e intrigas com os outros sete, procura sempre enganá-los e persuadí-los, o mesmo é esperado dos mortos que não cumpriram suas missões em vida quando o encontram. É representado por esqueletos amontuados em um corpo negro e que radia sombras.

Höstur, deus dos mortos


Oshkk[editar | hide | editar código-fonte]

Deus da Arte, da Festa e das coisas boas da vida. Oshkk é um simpático deus que vive lançando os mais diversos banquetes para os mortos e os outros deuses, aprecia uma boa festa com música, dança, poesia, sexo e drogas, geralmente seus seguidores mais devotos consomem cogumelos halucinógenos para fortalecer sua conexão com o deus. Ele assume a forma de um senhor barbudo segurando uma harpa, ou um tambor.

Oshkk, deus da arte


Hesða[editar | hide | editar código-fonte]

Deusa do Amor, da Fertilidade, da Beleza e da colheita. Hesða é a mulher e contraste de Tyrur, e protege aqueles que amam, protegem e cuidam de seus entes e amigos, é também a deusa que protege as colheitas dos agricultores da terra, e garante boas pescadas nos bravos mares do mundo. É retratada como uma linda e forte mulher de cabelos ruivos geralmente nua.

Hesða, deusa da fertilidade


Influências[editar | hide | editar código-fonte]

Hoje[editar | hide | editar código-fonte]

Bjarnar Þenrarsson, atual Halfgoði dos Átta
Hallgrimskirkjuturn, o templo principal dos Átta hoje em dia