Óguien

De UBRwiki
Ir para navegação Ir para pesquisar
União dos Três Reinos de Óguien
Bandeira nacional
Brasão1.png
Bandeira Brasão

Localização Império de Óguien

Localização de Óguien no continente de Eucadia
Capital Naacha
Cidade mais populosa Naacha
Língua oficial Helgen
Religião oficial Antwanismo
Governo Império Constitucional
 - Imperador Einar Rudolf Strauss
 - Lordes
 - Barões
 - Brigadas Regionais
Área  
 - Total 478 154.25 km² 
População  
 - Censo 6009 53 360 000 hab. 
 - Densidade 111 hab./km² 
PIB (nominal)
 - Total $ 68 194 000 000 
 - Per capita $ 1227 
Org. internacionais Liga das Nações
Cód. telef. +80

A União dos Três Reinos de Óguien, Império de Óguien ou apenas Óguien, é um país localizado no continente Eucadia. É o terceiro maior país do continente eucadiano, com aproximadamente 478 mil km² e população de 53,36 milhões de habitantes, sendo o terceiro país mais populoso de Eucadia. Faz fronteira terrestre com Helgedoff ao sul e Kyzylstão ao norte.

Período Nômade[editar | hide | editar código-fonte]

Os primeiros registros humanos na província de Óguien datam cerca de 37 mil anos. Acredita-se que esses povos outrora nômades debandaram das regiões desérticas devido ao embate por recursos básicos com outros povos, encurralando-se nas terras férteis ao oeste de Eucadia. O clima temperado foi propício para o desenvolvimento de assentamentos agrícolas pelas extensões provinciais, caracterizando o fim do Período Nômade.

A Ascensão das Três Casas[editar | hide | editar código-fonte]

Milênios após a formação de assentamentos agrícolas pelos vastos campos verdejantes de Óguien divididos entre dezenas de territórios bárbaros autônomos e conflitantes, lutando pela dominância dos lavradios provinciais. Os campos desérticos ainda eram povoados por grupos nômades que não conseguiram assentar-se ou foram expulsos de suas áreas de origem, aderindo a ovinocultura nos campos áridos. Em meados do século LII, três reinos constituíram supremacia econômica e militar, dividindo Óguien em três territórios: Scesthath ao oeste, Yssath ao centro e Shyath ao leste.

Período de Unificação[editar | hide | editar código-fonte]

Desde a formação das Três Casas, Óguien foi devastada por embates frequentes que assolavam os três reinados, enfraquecendo bruscamente os países daquela região. O atraso econômico perante as grandes potências mundiais do século LIX era grotesco, temendo pela influência estrangeira na província de Óguien, foi assinado um tratado de auxílio mútuo dentre as três casas em 02/08/5748. O Tratado de Soberania Óguiana consistia na união militar dos três reinados caso algum país estrangeiro ameaçasse a influência das Três Casas na província.

Dois séculos após o firmamento do Tratado de Soberania Óguiana, os laços sanguíneos dentre as Três Casas de Óguien cresceram intermédio à festivais matrimoniais motivados por acordos internos dentre as Três Casas. Em 27/09/5952, a unificação de Óguien foi firmada com a ascensão da Quarta Casa. Nomeado como 1° Imperador de Óguien, Arthur Nikolaevich, foi coroado e governou até o fim de sua vida lidando com rebeliões separatistas.

Período Isolacionista[editar | hide | editar código-fonte]

Arthur Rudolf Strauss, como 1° Imperador de Óguien, em um período conturbado da história mundial, estabeleceu o restrito controle fronteiríssimo como uma de suas primeiras medidas administrativas pós-nomeação. Durante sua regência, caçou grupos separatistas e censurou constantemente a imprensa, governando Óguien com manoplas de aço para estabelecer consistência política e firmar a unificação territorial, eliminando qualquer grupo rival. Conhecido como Arthur, o Patriarca, faleceu aos sessenta e nove anos, deixando seu primogênito como sucessor.

Vicent Rudolf Strauss, 2° Imperador de Óguien, estabeleceu seu reinado após o falecimento de seu pai. Em seus primeiros anos de regência, havia enorme insegurança entre os líderes das Três Casas de Óguien se o novo imperador conseguiria manter o legado de Arthur, o Patriarca ou o país se dividiria novamente.