Ay-Bras

De UBRwiki
Ir para navegação Ir para pesquisar
Rotkh Aontayt Ay-Bras, Oilen Oir d Abdorcha
Reino Unido de Ay-Bras, Ilhas Douradas e Rio Negro
Bandeira de Ay-Bras
Brasão de Ay-Bras
Bandeira Brasão Real
Lema: Azpekon zoyrze muyd, aontatthe lehzna tyrze, nyllfimid grootum bys kumanon koztaze! (Seremos o farol da vida, unidos pela liberdade, jamais nos renderemos não importa o custo!)
Gentílico: Abrasianos

Localização Ay-Bras

Localização do Reino Unido de Ay-Bras no continente de Hyrvil
Capital Braunlopolis
Cidade mais populosa Braunlopolis
Língua oficial Ay-Brasilico
Governo Monarquia Constitucional Mercante
 - Hrayh-Suprik (Grão-Rei) Taight III
 - Primeiro-Ministro Dra. Ymiru
 - Iaranik (Senhor do Ferro) Lanke Tybuurr
 - Abdorik (Senhor do Rio) Mykata Oalsh
Formação  
 - Unificação de Ay-Bras 5024 
 - Fundação dos assentamentos nas Ilhas Douradas 5217 
 - Adesão de Rio Negro 5598 
Área  
 - Total 105,203 km² km² 
População  
 - Censo 6010 15.507.000 hab. 
 - Densidade 147,40 hab/km² hab./km² 
PIB (base PPC)
 - Total $ 24,5 bilhões 
 - Per capita $ 929 
Moeda Kronez (Kr)

Ay-Bras, oficialmente Reino Unido de Ay-Bras, Ilhas Douradas e Rio Negro, é um país insular que ocupa um grande arquipelago no continente de Hyrvil, sem grandes vizinhos ou potenciais concorrentes locais. A área total da nação é de 105,203 quilômetros quadrados, com cerca de 15.507 Milhões de habitantes, sendo o mais extenso e populoso País de seu continente; trigésimo sétimo maior país e vigésimo terceiro mais populoso do mundo. O Reino Unido de Ay-Bras é constituído por 3 grandes regiões, sendo elas Ay-Bras, no centro, Oilen Oir (Ilhas Douradas) ao Sul e Abdorcha (Rio Negro) ao Norte.

Pré-História[editar | hide | editar código-fonte]

Bio-Atividades Regionais[editar | hide | editar código-fonte]

Os primeiros registros de atividade humana se iniciam na Antiguidade, por massas migratórias vindas do Continente. Mesmo assim a Pré-História e um dos maiores interesses dos acadêmicos e estudiosos, devido ao grande incentivo ao estudo da Historia e o nascimento da Armhysologia.

Antiguidade[editar | hide | editar código-fonte]

Primeiros Povos[editar | hide | editar código-fonte]

Os primeiros indícios de atividade humana no arquipélago remontam ao início da Antiguidade, contudo o método de acesso e motivos da migração ainda é tópico de discussão entre os acadêmicos que se dividem principalmente entre duas vertentes: Kanoarios, que acreditam que a migração se deu pelo mar, com os grupos migrando em frotas periódicas; e os Klimarios, que teorizam a hipótese de por motivos de mudanças climáticas, uma calota de gelo tenha se formato entre o Arquipélago e o Continente, permitindo a passagem desses grupos.

Com o passar do tempo esses humanos começaram a se destoar e espalhar pela terra, formando 5 grandes grupos Fono-Culturais, os Akatakas, os Brazaras, os Yaru, os Randamaicos e os Foreges.

O Mito do Pasto Sem-Males[editar | hide | editar código-fonte]

Segundo os achados arqueológicos e os artefatos decifrados que concriam um proto-alfabeto deixados pelos Brazaras, sabemos que os mais violentos nativos eram os Akatakas, que possuíam os melhores guerreiros da Antiguidade. Dentre as crendices desse grupo existia o Mito do Pasto Sem-Males.

Boa parte dos integrantes desse grupo acreditavam nesse mito, que pregava a idéia de que a terra natal dos Akatakas seria um grande pasto fértil e prospero no Leste da Ilha de Ay-Bras (Os Akatakas ocupavam a costa Oeste da ilha), atras de um imponente morro. Sabendo disso e os artefatos Akatakos datados do fim da Antiguidade encontrados por toda a ilha, acreditasse que em algum momento no meio da Antiguidade, os Akatakas iniciaram uma grande expansão para Leste.

Já no final da Antiguidade, grande parte da ilha de Ay-Bras estava sob domínio dos Akatakas, moldando totalmente a dinâmica de poder entre os grupos Fono-Culturais. Os Foreges, rivais mortais dos grupos do Oeste, foram totalmente dizimados junto com grande parte de sua cultura. Os Randamaicos mais ao sul também sofreram massivas perdas populacionais, os sobreviventes acabaram sendo assimilados aos dominadores Akatakos, enquanto os Brazaras e Yaru também perderam grande partes de seus territórios, sendo escravizados em larga escala para as grandes construções que se iniciaram no lado Leste da Ilha já sob o domínio AKatako.

Idade Media[editar | hide | editar código-fonte]

O Imperio Akatiano[editar | hide | editar código-fonte]

O Império Akatiano se estabeleceu como uma potência regional em meados iniciais da chamada Baixa Idade Média de Ay-Bras. O território era dividido em 26 regiões semi-feudais que eram governadas por reis locais que recebiam tributos dos artesãos, caçadores e pescadores em troca da proteção que era exercida pelos Bandos de Guerra (Como eram chamados os "Exércitos" Akatianos). Por muito tempo se pensou que os alimentos (excluindo as carnes) chegavam ao Império através de tributos de países vizinhos ou pelos saques que os Akatianos faziam em terras vizinhas, entretanto foi constatado que em uma região próxima a atual Braunlopolis existia uma fazenda comunitária de proporções exorbitantes. Acreditasse que essa fazenda era responsável por tentar suprir o resto do Império (o que acabou causando a nescessidade dos Reis exigirem tributos em forma de alimento).

Mesmo sua cultura tendo traços majoritariamente orais, os Akatianos foram capazes de desenvolver um proto-alfabeto de 9 caracteres (descobertos até o momento) e adotaram um sistema monetário arcaico com o uso de conchas e minerais, claramente influenciados pelo sistema arcaico que havia sido criado pelos Randamaicos. Os Akatianos nunca se extenderam a sua capacidade máxima por conflitos internos e desorganização militar, já que esses acreditavam que apenas ser guerreiros natos, bastava para garantir sua posição. Esse fato acarretou na insurgência de dois reinos na costa Oeste de Ay-Bras, o Reino de Ayras e o Reino de Bratumbria, ambos tinham culturas e línguas diferentes do Império Akatiano.

Os Akatianos chamavam os Bratumbos e os Ayros de Kirerz (na língua dos Akatianos: Kirk = Trabalho + Rerze = Pessoa, Ser), realizando incursões periódicas em ambas as nações para suprir a demanda da mão de obra escrava do Império. Nesse contexto de opressão nasce o maior herói nacional, Braun D'ur, responsável por liderar o levante que iniciou a chamada Guerra dos 27 Reis, ocasionando a Unificação da Ilha de Ay-Bras.

A Guerra dos 27 Reis[editar | hide | editar código-fonte]
Ver artigo principal: A Guerra dos 27 Reis
Reconstrução de um guerreiro Akatiano nas campanhas da Guerra dos 27 Reis

Em 5006 dois eventos chaves acontecem: Primeiro a ascensão de Braun D'ur ao poder, ele herda o reino de seu falecido pai em um momento de crise, aos seus 17 anos, segundo, o Rei de Ayras adoece e acaba morrendo em 5007, o que joga o reino em um ano trevoso onde os lordes disputaram o poder, sendo depostos em 5008 pelo Sulirio Hatmundo, instalando o Periodo Iluminado de Ayras, onde o Clero do Solkut assumiu o poder.

O primeiro ato de repúdio a tirania do Império acontece em 5009, quando o Bando de Guerra do Rei Atrz desaparece na Floresta de Mikarae, seu irmão, o Rei Toruz é surpreendido ao seu Bando de Guerra chegar em Bumiu (Na fronteira entre o Império e Bratumbria) e encontrar a cidade deserta. Isso descontentou os Reis do Sul, que invadiram as terras do Oeste e foram derrotados no Cerco de Solidium.

A vitoria do Sulirio Hatmundo foi o suficiente para garantir que a frente de contra-ataque de Braun avançasse com o máximo de forca. Em 5 meses graças as linhas de suprimentos e o sistemático treino de levante dos aldeões, todos os territórios Sul da ilha já estavam sob domínio de Braun.

Com a queda do Katkuhekomn, o Rei dos Fogerinos, o mais poderoso Rei do Sul que foi feito de prisioneiro ao ser capturado em batalha, os outros reis tornaram suas atenções para o Oeste e tentaram retomar os territórios perdidos. Numa das batalhas chaves, a Batalha da Ponte Ligiduum, o Sulirio Hatmundo acaba morrendo em batalha, defendendo sua vila natal, mas as baixas inimigas foram o suficiente para garantir que o Krasus, Rei das Terras do Norte, se afastasse dos campos de batalha e da guerra em si, se rendendo alguns meses depois devido ao inverno rigoroso que destruiu os campos e lavouras trazendo fome e desgraça para as terras do norte.

Com o Norte em suas rédeas, Braun avançou contra os territórios do leste, derrotando Rei atras de Rei em uma esplêndida campanha militar, ate chegar no pé da Montanha Kuth. O Exercito levantou acampamento lá, pois uma enfermidade havia piorado a situação de Braun que já tinha uma saúde frágil. Foram longas semanas de espera e tensão, ate que as forcas de Braun escalaram a montanha na surdina da noite e atacaram a Capital do Império que ficava do outro lado, no que ficou conhecido como Tomada de Kentlolis.

Com a queda de Kentlolis e a execução em praça publica de Kutuklun, Rei de Todos os Akatianos, Braun se consolidou como primeiro Grão-Rei de Ay-Bras, Senhor de todos os Reis da Ilha unificada sob o mesmo estandarte. Em sua homenagem um majestoso farol foi construído entre a Montanha Kuth e a Montanha Uluh, a maior obra e maravilha do pais, simbolizando o que Braun era para seu povo, esse monumento foi nomeado de Farol do Amanhecer enquanto Kentlolis foi renomeada para Braunlopolis, concluindo a Unificação de Ay-Bras em 5024.

Modernidade[editar | hide | editar código-fonte]

Pirataria e Ay-Bras[editar | hide | editar código-fonte]

A Grande Reforma de 5820[editar | hide | editar código-fonte]

Contemporaneidade[editar | hide | editar código-fonte]

Industrialização[editar | hide | editar código-fonte]

Era das Trevas[editar | hide | editar código-fonte]

Grão-Rei Krauser[editar | hide | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Krauser, O Grande

O Incidente de 5990[editar | hide | editar código-fonte]

Subdivisões[editar | hide | editar código-fonte]

Mapa Provincial de Ay-Bras
Ver artigo principal: Estatísticas Provinciais
Numeração Província População Estimada
1 Tallagala 4 100 000
2 Katannia 2 700 000
3 TallamThum 1 100 000
4 Therathtatnia 900 000
5 CozthGa 900 00
6 Lania 400 000
7 SolniaRousgh 600 000
8 Bratumbria 1 500 000
9 Forla g na-Oile 40 000
10 Oilen Oir 90 000
11 Abdorcha 1 900 000

Geografia[editar | hide | editar código-fonte]

Clima em Ay-Bras

O clima no Reino destoa de acordo com a parte em que você esta, essas diferenças bem marcadas se dão principalmente ao isolacionismo geográfico, que permite a extração do melhor de todas as regiões do reino.

Na Ilha principal de Ay-Bras, destaca-se um clima oceânico, com máximas de 22 °C e mínimas de 0 °C ao decorrer do ano. O Inverno costuma ser mais seco, com variantes aos extremos da ilha, ao Leste, devido as altitudes, pode ocorrer uma temporada de neve (fraca) durante as 6 primeiras semanas do ano, já a região Oeste apresenta climas de Primavera durante todo o ano, com raras ocasiões de neve.

Ao Norte, em Rio Negro, com seu isolamento geográfico, o clima oceânico assume diferenças mais baixas de temperatura, com invernos menos devastadores por não serem tão secos, e uma temporada onde os primeiros meses do ano não passam dos 10 °C, chegando ate -3°C, sendo mais comum a presença de neve.

Já ao Sul, nas Ilhas Douradas, o clima e ensolarado, com verões extensos atingindo ate 30°C nas altas temporadas de verão, sendo um dos destinos mais almejados pelos turistas.

A hidrografia no pais não apresenta muitas nuanças, sem grandes vias fluviais ou bacias de água doce, ao máximo o Rio Abdorcha, que da nome ao maior assentamento do Norte no pais e abriga a maior instalação naval em infra-estrutura do pais. Quanto as elevações destacam-se Montanha Kuth e a Montanha Uluh, que apesar de serem chamadas assim pelos nativos, geologicamente não chegam a ser classificadas como montanhas pela falta de altura, a maior delas atinge 2.786 metros de altura.


Demografia[editar | hide | editar código-fonte]

A população de Ay-Bras é de aproximadamente 15,5 milhões de pessoas, com uma densidade populacional de 147 habitantes por quilometro quadrado. A expectativa de vida ao nascer é de 73,2 anos para as mulheres e 62,3 anos para o homens, com tendências a escolher áreas industriais ou extração de recursos como profissão, normalmente com certo grau técnico de educação, já que o mesmo e muito incentivado na nação. Desda Idade Moderna não ocorreram grandes escoamentos migratórios, devido a certa estabilidade nacional, se registrou apenas migrações entre as próprias províncias do pais contudo, o governo vem estudando meios de expandir a população com estimulação do crescimento natural e abertura de fronteira para imigrantes.


Religião[editar | hide | editar código-fonte]

Religião em Ay-Bras (6010)
Religião Porcentagem
Solkut
  
69%
Ivronismo
  
12%
Antwaanismo
  
8%
Filosofia Kothromaik
  
7%
Kakalu
  
1%
Outras
  
3%

Apesar de ser constitucionalmente um Estado Secular, a vida, cultura e ate mesmo politica continua sofrendo enorme influencia da religião majoritária do pais, o Solkut, que esta intrinsecamente ligada a origem do pais. Ela se espalhou pelo pais durante as primeiras décadas da unificação, substituindo o Paganismo Kakalu, que esta dando seus últimos suspiros em regiões remotas do Norte, em Rio Negro.

O Antwaanismo chegou com os colonizadores Aubers, e ainda representa uma certa fatia da religião nacional, principalmente em Rio Negro e algumas cidades portuárias no norte da ilha principal. o Ivronismo vêem diminuindo consideravelmente, nenhum ataque contra Ivronistas foi registrado nos últimos 12 anos, enquanto nenhum templo foi erguido desde o Grande Fogo de Pagania, que destruiu o ultimo templo do Ivronismo que se tem registro há 20 anos atras, deixando 3 mortos e 14 feridos. Uma pequena parte da população no norte segue a Filosofia Kothromaik, originada da tradicional Família KosaKlein, conhecida por seus guerreiros formidáveis no passado e seus atletas de ponta na atualidade.

Línguas[editar | hide | editar código-fonte]

Ay-Bras tem certa diversidade linguística. A Constituição reconhece como língua oficial o AyBrasilico, uma vertente moderna da junção das duas línguas medievais, o Ayriano e o Bratumbes antigo. O Ay-Brasilico é a língua oficial mais falada no país, de acordo com o senso de 6000, uma vez que é falado por 89,7% da população como primeira língua ou segunda língua. Todos os documentos legais e oficiais emitidos pelo Estado, incluindo a constituição, as principais instituições públicas e privadas, a mídia e as atividades comerciais acabam optando pelo Ay-Brasilico.

Também são reconhecidos o Oilirio (3,8%) e o Abdolirico (6,5%), o primeiro era um dialeto do povo natural de Oilen Oir, nômades que atualmente representam uma pequena parte da população, porém tem seus direitos reconhecidos constitucionalmente. E o Abdolirico é uma vertente do Ay-Brasilico, falantes dessa língua podem se compreender mesmo com alguns falso-cognatos no caminho. O Abdolirico é majoritariamente falado em Abdorcha, tendo influência dos dialetos Aubers e do antigo Akatiano, uma vez que a ilha ficou alguns seculos isolada do resto do país até sua "reconquista" em 5598.

Governo e Política[editar | hide | editar código-fonte]

A formulação da Constituição vigente em Ay-Bras, pressupõe uma descentralização política, sendo esta uma de suas principais características, cada ente tem poder de auto-organização e normatização, autogoverno e auto-administração, para que os Poderes possam interagir e se policiar.


Resumo da Dinamica de Poder em Ay-Bras

Em Ay-Bras, o Poder Executivo tem como representante máximo o Primeiro-Ministro que é indicado pelo Congresso Nacional. Ele atua como Chefe de Estado e Governo, tem como funções direcionar a administração nacional, o que inclui projetar e colocar Programas Governamentais em pratica; alem de indicar os Ministros que podem propor Leis e Emendas de suas respectivas áreas. O mandato de Primeiro-Ministro dura 6 anos, não podendo ter dois mandatos seguidos no cargo.

O Poder Legislativo é representado pela Câmara Nacional que elege seus deputados por uma Votação Popular Indireta. Os Partidos devem declarar seus planos de governos e candidatos, com um mínimo de 8 e máximo de 50 candidatos por Partido com máximo de 6 semanas de antecedência da eleição. A câmara possui ao todo 238 assentos, 30 assentos são apontados diretamente pelo Iaranik que governa as Ilhas Douradas, 18 assentos são apontados diretamente pelo Abdorik que governa Rio Negro e os 180 assentos que restam são preenchidos pelos partidos. Seguindo em uma dinâmica similar ao sistema de votação em Lista Fechada de método preferencial, ao receber a cédula de votação do partido selecionado, o cidadão tem 3 caixas de dois dígitos onde deve transcrever o número dos candidatos daquele partido que ele deseja eleger. Cédulas em branco ou com números que não correspondem a nenhum candidato, são anulados. O cargo de Deputado da Câmara dura até 6 anos, com no máximo 3 mandatos consecutivos. Eles podem propor Leis, emendas, medidas provisorias e decretos legislativos, sendo que, em caso de empate em votações, o Vice-Líder da Câmara desempata, esse é apontado pelo Líder da Câmara que é decidido em uma votação interna entre os Deputados.

O Poder Judiciário acaba sendo exercido pelo Juízes indicados pelo Ministro da Justiça, o qual deve apontar dentre os membros da Ordem da Justiça de Ay-Bras, profissionais que tenham uma pontuação de ao menos 85% no exame de proficiência aplicado pelo Ministério (Exame que acaba sendo aplicado uma vez a cada 5 anos .

E porfim, temos o quarto Poder, o Poder Regulador, exercido pelo Hrayh-Suprik(Grão-Rei), o Abdorik e o Iaranik. O Hrayh-Suprik(Grãos-Rei) pode durante o intervalo entre a Eleicao e a posse (de 4 semanas) vetar candidaturas de deputados que julgar incapacitados para o cargo; essas vagas contam como vagas remanescentes do Congresso Nacional. O Abdorik e o Iaranik podem respectivamente em, Rio Negro e Ilhas Douradas, vetar leis e emendas que afentem essas regioes, ao ser vetada, o processo volta ao Congresso com as observacoes para serem modificadas, se o projeto for vetado novamente, ele é oficialmente arquivado.

Atualmente o Abdorik é eleito em uma votação popular unipartidaria de lista fechada dentre os Candidatos do Koris AbdorchTecnoir (Partido Tecnocrata do Rio Negro). Quando inicia a votação da Câmara Nacional, o Abdorik normalmente aponta outros integrantes do Koris AbdorchTecnoir para os assentos da Câmara.

Já o Iaranik é decidido entre o Conselho das Ilhas Douradas, onde as famílias donas das maiores extratoras e mineradoras do pais, votam entre seus representantes quem sera o Iaranik. Esse por sua vez pode apontar livremente qualquer um para os seus assentos na Câmara, comumente eles optam por administradores, investidores e empreendedores.


Relações Exteriores[editar | hide | editar código-fonte]

Ambições do Trans-Hyrvilean

As Relações Exteriores de Ay-Bras vêem se expandindo nos últimos anos, com a intenção de ser a potência do continente e competir diretamente com os outros países. Em 6009, o Escritório Real demonstrou interesse e inicio de articulações junto aos Ministros para esquentar as relações comerciais no estrangeiro arquitetando o seu projeto de Trans-Hyrvilean, uma grande rede de comercio infra-estruturada ligando os continentes de Armorea, Eucadia, Letânia e Hyrvil. Ay-Bras não possui relações ruins com outros países de Adalar, sendo um pais normalmente neutro em grandes crises internacionais pelas políticas e culturas nacionais.




Economia[editar | hide | editar código-fonte]


O inicio do desenvolvimento econômico em Ay-Bras se inicia a muito tempo, ainda em 5004, com a primeira pedreira de largas proporções que sustentou o início do Reino de Ay-Bras durante as primeiras décadas de sua unificação. Essa primeira pedreira estruturada aos pés da Montanha Kuth, originou uma dinastia mercante, que prosperou e hoje em dia atua no Grupo KuthUlya, a maior empresa de cimento e suprimento de construção do Pais.

Na Idade Contemporânea, muitas crises ocorrem na virada de era, revoltas separatistas, a sordidez industrial, o surgimento de Zean, a Cria dos Esgotos, jogando o pais em décadas de trevas. Para abater essas trevas tão grande, era necessário alguém tão grande quanto.

O período da Revolução Luminosa que veio apos a Era de Trevas, foi de longe o maior boom econômico desde então no pais, o Grão-Rei Krauser ao realizar sua Reforma e Manutenção Politica, iniciou grandes feitos, como redistribuição de terras, incentivou a iniciativa privada, criando demanda de emprego com os Centros de Combate ao Desemprego que acabaram incentivando a migração rural em massa, mas também modernizou as áreas rurais. Krauser também iniciou um projeto para levar educação ao povo, o que seria um proto-projeto de Universalização do Conhecimento em Ay-Bras.

As grandes fundamentações da economia de Ay-Bras se baseia na extração de recursos das Ilhas Douradas, que possuem grandes jazidas Minerais, principalmente de Ferro, Niquel, Tantalo, Cromo e Giz Calcário. Essas extrações são em grande parte processadas nos complexos industriais de Ay-Bras, principalmente nas industrias de: Cimento, Construção Civil, Metalúrgica, Motores e Naval. O Excedente é normalmente levado para o Grande Complexo Portuário de Abdorcha, e de lá é exportado para vizinhos e parceiros comerciais.

Ay-Bras tem uma enorme capacidade econômica, nos últimos anos, planos quinzenais da Família Real junto a Câmara vêem almejando dominar o mercado interno continental, formando a maior rede comercial Trans-Hyrvilean, o que garantira Ay-Bras como a maior economia do Hyrvil e a chance de competir no Mercado Internacional contra as grandes potencias continentais.

Infraestrutura[editar | hide | editar código-fonte]

Educação[editar | hide | editar código-fonte]

A primeira fase da educação (PB I) dura 4 anos, iniciando aos 6 anos de idade na primeira série do ensino fundamental. A segunda fase (PB II) inicia a segunda fase do ensino fundamental e é completada em 4 anos. Aos 14 anos o jovem conclui o ensino fundamental, tendo que realizar o Teste Nacional de Qualidade Educacional (PB I e II) para ingressar no Ensino Médio. Já o Ensino Médio em Ay-Bras dura 4 anos, sendo que no segundo ano tem uma pequena carga horário de matérias opcionais, tal carga vai aumentando com a progressão até o jovem concluir seu Ensino já focado em algum eixo tecnológico. Ao fim do Ensino Médio, os jovens realizam outro Teste Nacional de Qualidade Educacional (EM), no qual a nota do jovem poderá usar para ingressar na rede pública de Ensino Superior de Ay-Bras.

Saúde[editar | hide | editar código-fonte]

Nos últimos anos a saúde em Ay-Bras vem conquistando grandes avanços, inclusive na área de vacinas graças ao Centro de Vacinas em Braunlopolis. Constitucionalmente, toda empresa estatal é obrigada a oferecer algum convênio médico, a regra não se estende a iniciativa privada, mas grande parte dos trabalhadores possuem convênios médicos particulares, já que grande parte das empresas apenas contratam funcionários que tenham seguro.

O direito a saúde é constitucionalmente garantido a todo cidadão Abrasilico, sendo que a saúde pública cobre grande parte dos serviços básicos; não se estendendo a processos mais complexos. Para famílias de até 4 membros com renda mensal inferior a 500 Kronez, o governo disponibiliza vouchers variados para arcar com custos de processos mais complexos. Para entrada no país de qualquer estrangeiro, é obrigatório que o indivíduo entre no país com algum seguro saúde que cubra o território nacional.

Atualmente a expectativa de natalidade, vem subindo drasticamente enquanto a mortalidade vem caindo também, atualmente a média de natalidade chega a 3,1 filhos por casal, sendo a expectativa de vida estimada para o fim da proxima decada, algo entre 78,1 anos para mulheres e 71,5 anos para homens.

Energia[editar | hide | editar código-fonte]

A Rede Elétrica cobre grande parte do Pais, cerca de 84% da aérea habitada possui acesso a energia, sendo que as Ilhas Douradas sempre foram as pioneiras em novos métodos de energia. Apesar da Matriz energética ser bem variada, de carvão, petróleo, gás, até calor, a falta de foco em um setor gera um grande desfalque de gasto público pelos altos custos de produção que se deve pela variação mensal, uma vez que nenhuma fonte tem capacidade de atender 100% da demanda. Essa questão tem sido amplamente discutida em diversos setores do governo, sendo que um projeto para desenvolvimento e produção da energia nuclear já foi tramitado e segue em andamento. De acordo com o levantamento mais recente, 23% da produção elétrica nacional é dada por termoelétricas e os restantes são por combustíveis fósseis, do carvão e gás natural. O setor que mais consome energia é o Industrial principalmente o naval, seguido pelo Comercial e por fim o Lazer.

Ciência e tecnologia[editar | hide | editar código-fonte]

A tecnologia em Ay-Bras é conhecida ser avançada em diversos aspectos da produção industrial, diversos setores da construção civil e até mesmo tecnologia naval, sendo conhecido por ter uma das tecnologia de ponta, possivelmente a mais avançada do continente diversos os constantes seculos de investimento nas áreas navais. A Educação e o Governo veem recentemente tendo investimentos pesados em setores tecnológicos, principalmente em novos setores como nuclear, aeroespacial e biomedicina.

Transporte[editar | hide | editar código-fonte]

Apesar do certo desfalque da área ferroviária, majoritariamente usada apenas por alguns setores industriais privados, o setor mais usado e desenvolvido acaba sendo o transporte naval, sendo que o setor de transporte civil aéreo vem crescendo consideravelmente nos últimos anos.

O modal rodoviário possui quase 37.000 kms de rodovias, sendo em parte administrada pela iniciativa privada que com seus pedágios, tem tido um sucesso relativo na manutenção e modernização dessas vias. O modal ferroviário atualmente é totalmente usado pela iniciativa privada industrial, tendo uma extensão aproximada de 4.000 kms; atualmente o governo vem estudando possibilidades de uma parceria público-privada para a criação e fomentação do setor ferroviário para uso civil de passageiros.

O transporte aquaviário é muito utilizado pela grande oferta e investimento estatal no setor por seculos, existem cerca de 17 Grandes Portos e aproximadamente pouco mais de 300 portos menores

Existem cerca de 24 aeroportos e 38 aeródromos em Ay-Bras, sendo que sua grande maioria possui pistas pavimentadas, incluindo as áreas de desembarque e embarque; contudo, apenas 7 destes operam com voos internacionais. O Aeroporto Internacional de Braunlopolis, localizado na capital nacional, é o maior e mais rentável aeroporto do país. Grande parte dessa movimentação deve-se ao tráfego comercial, porém o tráfego popular de civis veem sendo estudado para ser estimulado através da fomentação do Turismo no Pais que possui paisagens paradisíacas.

Comunicações[editar | hide | editar código-fonte]

O início da imprensa em Ay-Bras se inicia em 5878, quando o Sr. Jonh McGregor, um empresario de origem Auber, que criou o "Gazeta da Manha" que teve difícil percussão, sofrendo nos seus anos iniciais. O veiculo de comunicação apenas se popularizou dez anos depois, em 5888, ao noticiarem todos os detalhes do caso de Zean, a Cria dos Esgotos.

A radiodifusão iniciou em Outubro de 5968, financiada pela família real, sendo a primeira transmissão um discurso da Princesa Talyla, que aos 19 anos discursou sobre a liberdade, o espírito nacional e o avanço tecnológico de Ay-Bras, sendo esse considerado um dos maiores discursos da Historia de Ay-Bras.

Semelhante a questão da mídia escrita, a iniciativa televisiva iniciou em 5959 por um grupo de investidores estrangeiros de diversas nacionalidades. Logo cedo as elites viram na tecnologia uma grande potência de comunicação, tendo investimentos das Famílias das Ilhas Douradas e da Família Real para baratear essa tecnologia; sendo atualmente um dos países com os televisores mais baratos do mundo, atualmente, um televisor de 25 polegadas de imagem colorida pode ser adquirido por volta de 700 Kronez. Atualmente os televisores estão em pouco mais de 2 milhões de lares, alcançando aproximadamente 6,2 milhões de pessoas.