Kylmättä

De UBRwiki
Ir para navegação Ir para pesquisar
Kylmättä liittotasavalta
Republica Federal de Kylmättä
Bandeira de Kylmättä
Brasão de Kylmättä
Bandeira Brasão
Lema: Unidos Progredimos, Divididos somos esquecidos
Hino nacional: Meidän Liittohymnimme
Gentílico: Mättä

Localização Kylmättä

Localização de Kylmättä em Adalar.
Capital Vosvamodan
Cidade mais populosa Vosvamodan
Língua oficial Mättä
Governo República Federal Parlamentarista
 - Primeiro-Ministro Esko Jaatinen
 - Chanceler Jaakko Kristoffersen
 - Presidente da Suprema Corte Mikael Jokinen
Eventos Históricos Ano 
 - Formação do Reino Unido de Kylmättä  
 - Fundação do Imperio Mättä  
 - Declaração da Republica  
 - União da Frente Unida e Formação da Republica Federal  
Área  
 - Total 390 726 km² 
População  
 - Censo 6 000 19 091 318 hab. 
 - Urbana 13 993 936 hab. 
 - Densidade 28,98 hab./km² 
Moeda Markka ₰ (MAM)
Fuso horário (UTC-1, 0)
Org. internacionais Liga das Nações
Cód. ISO KMT
Cód. Internet .km
Cód. telef. +18

A Republica Federal de Kylmättä (em Mättä: Kylmättä liittotasavalta) é uma república federal parlamentarista composta por 10 estados. O país é localizado no sul de Astarte. Banhado pelo Mar de Nëm ao noroeste e pelo Oceano Reoten ao sul, o país possui cerca de 390 mil km² de área e uma população de mais de 19 milhões de habitantes, sendo assim o menor país da Liga dos povos livres em área total e também em população. A geografia e sistemas climáticos do país são relativamente diversificados, com tundras, planícies, florestas e montanhas que abrigam uma grande variedade de espécies.

Etimologia[editar | hide all | hide | editar código-fonte]

Kylmättä vem da simples combinação do termo Mättä, que vem da origem Proto-Däm-Mätätz em Mätätz (Musgo), que eventualmente veio a representar o povo das terras de Musgo, os Mättä, sendo combinado com o termo mais recente, Kyle, "Estado", uma de multiplas palavras Mättäs utilizadas para descrever formas de governo, com o som /e/ desaparecendo quando Kyle se torna de uma palavra independente para um prefixo, Kyl-. o nome então significa "Estado-Mättä".

História[editar | hide | editar código-fonte]

Ver artigo principal: História de Kylmättä

Geografia[editar | hide | editar código-fonte]

A área de Kylmättä é de aproximadamente 390 mil km². O Estado de Länrätäöki é o maior do país, com 180 212.5 km², enquanto o Estado da Grande Vosvamodan é a menor, com apenas 14 062.5 km².

Mapa climático KMT.png

Clima[editar | hide | editar código-fonte]

o Centro Politico de Kylmättä, a Baia Mättä, cercado pelos estados de Enlelnetä, a Grande Vosvamodan, Suurilaakso e Vesvälveä, são predominantemente compostos de Clima humido continental de verão fresco; com algumas excessões, incluindo o norte do estado de Vesvälveä, que possui um clima oceanico subpolar; e o interior dos estados de Suurilaakso e Enlelnetä, que, assim como a maioria do resto do país, tem um clima subartico sem estação seca. além disso, a maioria da area habitavel do Estado de Inejongivea tem um clima subtropical de altitude, e finalmente um clima de tundra no extremo sul do país.

Topografia de Kylmättä

Demografia[editar | hide | editar código-fonte]

Kylmättä é um país com alta concentração populacional, mas baixa densidade populacional total, com a grande maioria da população vivendo na costa da baia Mättä e proximidades e na bacia alta do rio Inej. a população total é 19 091 318 segundo o censo de 6000, com multiplas estimativas dizendo que a população excedeu ou está proxima de exceder 21 milhões de pessoas. o país é extremamente urbanizado, com cerca de 70% da população vivendo em areas urbanas, com as dez maiores cidades contendo um pouco mais que 50% da população do país, segundo o já mencionado censo de 6000.

Composição étnica[editar | hide | editar código-fonte]

a maioria da população de Kylmättä é considerada Mättä, um grupo etnico que fala as Linguas Mättä (o Mättä Ocidental Padrão, O Mättä Central Padrão, O Mättä Oriental Padrão, O Mättäöki, a lingua Märitör, e o Mättä do leste, que também é chamado de Mättä Elysiano) ou considerado Inejonge, o grupo etnico da alta baia Inej, que fala uma lingua relacionada as linguas Mättä, mas que é muito mais distinta do que todas as outras, e usa um sistema de escrita diferente e possui uma cultura separada. além desses dois, existem minorias menores, a maior dessas são os Dämiaks (chamados de Dämiäkene em Mättä), que compoem cerca de 3% da população do país, com a maior parte vivendo no estado de Kyämdäm (uma palavra dämiäk), onde eles são a maioria da população do estado, e a maioria do resto vivem no norte de Enlelnetä, na fronteira com Dämiakären. existem outras minorias, e comunidades imigrantes de países como Sundimisänto, mas essas são significativamente menores que as minorias Inejonge e Dämiak.

Religiões[editar | hide | editar código-fonte]

apesar que uma parte de Kylmättä segue o antwaanismo, a grande maioria do povo em Kylmättä pertencem a Religião Tradicional do Sul de Astarte, um termo que agrupa uma variedade de praticas e crenças tradicionalmente dominantes no sul de astarte, se extendendo da antiga civilização Tsipra localizada na região cercando o baixo Däm até Hallestein, com alguns estudiosos dizendo que elas se extendiam até Nëm. na atualidade, essas crenças são predominantes apenas em Kylmättä, onde existem certas minimas estandardizações que datam na ascensão da monarquia de Mättä e a centralização do governo do país, por volta de 5700. elementos como um Mito Cosmogônico unificado, mitos mais especificos sobre uma origem divina da monarquia, e certas revisões da importancia de certos aspectos do divino e elevação de outros, apesar que a efetividade dessas reformas variou, com elas sendo quase unanimamente aceitadas em areas como a antiga capital imperial de Eytäle, mas sendo menos conhecidas nas areas mais remotas de Jokintonlaakso.

Idiomas[editar | hide | editar código-fonte]

As Linguas oficiais reconhecidas pelo governo de Kylmättä são as Linguas Mättä Padrão, três linguas padrão baseadas no dialeto da cidade de Eytäle (Padrão Ocidental), da Grande Fenda Central (Padrão Central) e do suburbio de Hömyle-Yykäkkö da cidade de Opekat-Karua (Padrão Oriental), e a Lingua Inejonge Moderna, um outro padrão vindo da Bacia alta do Inej. Junto com as linguas oficiais, 3 linguas de minoria, o Dämiäk, o Mättäöki, e o Mättä do Leste, com o primeiro sendo reconhecidos no estado de Enlelnetä e no estado de Kyämdäm, e as outras duas sendo reconhecidas no estado de Länrätäöki.

Governo e política[editar | hide | editar código-fonte]

Kylmättä é uma república parlamentarista, onde o Primeiro-Ministro tem as funções de chefe de governo e é escolhido pela câmara baixa, a Câmara da federação, e o Chanceler exerce as funções de chefe de estado e é eleito por 6 anos pela câmara alta, a Câmara dos Estados. A eleição para Primeiro-Ministro é de forma indireta, onde o partido ou a coalizão de partidos que conseguir apoio parlamentar escolhe um gabinete e forma um governo. Kylmättä, ao contrario de seu vizinho ao norte, o cargo de Primeiro-Ministro de Kylmättä não possui limites de mandato. Kylmättä é uma federação, onde cada estado (em Mättä: Kyle) formam uma parte da federação, com cada estado tendo uma autonomia pra criar leis na esfera estatal, mas sendo sujeito ao Governo Federal.

o Eduskunta[editar | hide | editar código-fonte]

Palácio do Novo Estado, Grande Vosvamodan

o Eduskunta é o Parlamento Bicameral Federal de Kylmättä. Localizado em Vosvamodan, numa Pequena Ilha entre a Ilha dos Pomares e a Cidade de Vosvamodan, no Palácio do Novo Estado, a maior construção na ilha. os Membros do Eduskunta são escolhidos em Eleições Gerais que ocorrem a cada três anos, com a eleição mais recente em 6010 resultando numa Supermaioria do Partido Reformista de Kylmättä, e a formação do Governo de Esaki Aalto.

A Câmara da Federação[editar | hide | editar código-fonte]

a Câmara da Federação é a Câmara Baixa de Kylmättä, com seus membros possuindo mandatos de 3 anos. a Câmara de Federação é a Câmara com mais poderes, já que ela seleciona dentre seus membros o primeiro-ministro (em Mättä, Pääministeri) e o seu gabinete, que lideram o executivo. a Câmara da Federação é eleita por meio de eleição plural distrital, com Kylmättä sendo dividida em 259 distritos eleitorais. o candidato que conseguir uma pluralidade dos votos no distrito se torna o Membro da Câmara da Federação (MCF) pelo distrito até a próxima eleição, com o mandato podendo ser renovado indefinidamente.

A Câmara dos Estados[editar | hide | editar código-fonte]

a Câmara dos Estados (ou o Senado em algumas traduções) é a Câmara Alta de Kylmättä, com seus membros possuindo mandatos de 6 anos. a Câmara dos Estados tem como seu maior dever escolher o Chanceler, o Chefe de Estado de Kylmättä, que representa a nação em contextos nacionais e internacionais, além de presidir a Câmara dos Estados. a Câmara dos Estados é eleita por meio de eleições utilizando o Metôdo Proporcional, com metade dos senadores de cada estado sendo escolhidos em cada eleição geral. assim como os mandatos da Câmara da Federação, os mandatos dos Membros da Câmara dos Estados (MCE) também podem ser renovados indefinitivamente.

Relações Internacionais[editar | hide | editar código-fonte]

Kylmättä é um membro integrante da Liga dos Povos Livres, e suas relações com os membros da liga são bastante amigáveis, com os membros astarteanos (Auberon, Dämiakären e Helgedoff) sendo os maiores aliados regionais de Kylmättä. fora de Astarte, o maior aliado de Kylmättä é Grinquercheve, membro letão da liga dos povos livres. dês da fundação do país, Kylmättä é um país fortemente anti-welberista e anti-monarquista, já que foi formada em uma frente ampla republicana anti-welberista, e por tanto possui relações bastante frias com Südelbar, Tōkai, e Especialmente Hallestein. Kylmättä possui relações relativamente amigáveis com as nações da Internacional Socialista em comparação aos outros países da LdPL, mas as relações com países totalistas dentro da Internacional, como Krasnaya e a Confederação das Repúblicas Dämiaks, sendo piores. para países neutros, Kylmättä possui relações bastante boas com Tulysanne, Kawsalpa e Saiman. Suðvestanleið é a monarquia que Kylmättä possui a melhor relação com, tanto por ser uma democracia, quanto pelo ódio conjunto a antiga monarquia Mättä. relações Mättäs com Syndimisäntö são bastante frias, tanto pelo passado colonial quanto pela preservação Misäntö da antiga dinastia imperial Mättä.

Subdivisões[editar | hide | editar código-fonte]

Kylmättä é uma Federação composta de 10 Estados (Kyle), todos os quais são liderados por Parlamentos Estatais (Kuleduskunta) Unicamerais, que elegem Primeiros-Ministros de Estado (Premières) e Gabinetes Estatais. Antes do Período Republicano e da Constituição Federal, o território que é hoje Kylmättä era divido em maneiras muito divergentes, com poderes muito variáveis. foi uma parte fundamental da Constituição Federal que os Poderes Estatais seriam Uniformes, com as Províncias de Enlelnetä, Vesvälveä, e Suurilaakso se tornando estados, e o Reino de Inejongivea, um subserviente do Syndimättäne, se tornando estados diretamente, com vários dos diferentes governos locais do vasto Sul Mättä sendo combinados um com o outro para formar o estado de Märitör, Kiviltivea, Saarenvea, e Länrätäöki, e dois territórios sendo juntados com o pequeno remanescente da Província de Kyämdäm para formar o único estado de maioria Dämiak, o estado de Kyämdäm.

Divisão política de Kylmättä
Estado Capital População
I Enlelnetä Enlelhärä 1601923
II Suurilaakso Eytäle 1410290
III Vesvälveä Kaksimertani 6153876
IV Märitör Uusatama 841223
V Kyämdäm Höshty 310234[1]
VI Kiviltivea Vitinenlinna 302931
VII Saarenmaa Opekat-Karua 910310
VIII Länrätäöki Aleinnake 680129
IX Inejongivea Olnulafa 4201931
X Grande Vosvamodan Cidade de Vosvamodan 2716232

o Único estado a ser criado depois da ratificação da constituição é o estado da Grande Vosvamodan, que foi dividido do estado de Suurilaakso em 5993, com o interesse de melhorar a administração em volta da capital, e garantir que o Governo de Suurilaakso representasse melhor as pessoas de cidades como Eytäle (a Capital do estado) e do interior. olhando para o futuro, áreas cercando o extremo Leste de Enlelnetä, o Oeste de Inejongivea e o Norte de Kiviltivea tem uma campanha não muito forte de secessão. o Estado de Kyämdäm, porém, pode se tornar muito maior do que é atualmente dependendo do resultado do Referendo de Kyämdäm de 6010, em que regiões de Kyämdäm que eram parte de Dämiakächër e forma ocupadas por Kylmättä serão dadas a opção de se tornar um país soberano independente ou se juntar ao estado, o que faria com que Kyämdäm fosse do segundo menor estado por população para o 4º maior, o que aumentaria muito significativamente tanto a população Dämiak total de Kylmättä como a influencia de Dämiaks no Eduskunta.

Economia[editar | hide | editar código-fonte]

Kylmättä é um dos países mais ricos de Astarte, possuindo uma economia forte e diversificada, com extração de minerais como estanho, zinco, e tungstênio, a indústria ferroviária e têxtil, e a indústria de serviços sendo todas importantes componentes da economia do país. o país também serve como um importante centro financeiro, com inúmeros bancos de importância centrados especialmente em Saarenvea, Vosvamodan e Kaksimertani, onde também se localiza a maior Bolsa de Valores do País, a Bolsa de Valores de Kaksimertani.

Industria Ferroviária[editar | hide | editar código-fonte]

Logo da Mättä Kyle Rautatie, a Ferrovia Estatal Mättä, a maior companhia de Kylmättä.

Kylmättä é um líder na indústria ferroviária de Adalar, com a maior companhia de Kylmättä sendo a estatal Mättä Kyle Rautatie (Ferrovia do Estado Mättä), que opera os serviços ferroviários, tanto de passageiros como de carga por toda Kylmättä, operando trens suburbanos, interurbanos, e de longa distancia por todo o território Mättä, além de possuir múltiplas subsidiarias operando serviço por lucro internacionalmente, em países como Helgedoff e Kawsalpa. a MKR também é uma das maiores donas de propriedades imobiliárias em Kylmättä, com o maior proprietário sendo o Ministério do Interior. A MKR também opera múltiplas minas conectadas a sua rede ferroviária, além de ter uma divisão de pesquisa e desenvolvimento, atualmente no processo de pesquisar e desenvolver Trens de Alta-Velocidade, apesar que os fundos para realmente começar a construção de uma frota experimental e trilhos de alta velocidade sendo dificultada pela falta de interesse no projeto no atual governo. além disso, a MKR possui uma divisão de engenharia que compete com as companhias privadas de construção de Material Rodante, a única parte da indústria ferroviária Mättä que não é amplamente controlada pelo setor público.

Infraestrutura[editar | hide | editar código-fonte]

a Infraestrutura de Kylmättä é Altamente Desenvolvida, e é Definida por 4 Regiões Distintas: o Corredor da Baia Mättä, que se estende de Vosvamari, por todo o Estado de Vesvälveä, pela costa da Baia Mättä, pela Região Costeira de Enlelnetä, e segundo alguns, se estende até a cidade de Yümaschër, em Dämiakären. Essa Região é a Mais Altamente Desenvolvida em Kylmättä, possuindo as melhores conexões rodoviárias do país e uma rede ferroviária muito pesadamente utilizada. Esse Corredor é onde uma enorme porcentagem da população encontra seu lar, e é a região de origem da Cultura Mättä, além de ser o Centro de Poder, e um Centro de Infraestrutura Acadêmica. Além dessa região, um outro corredor interiorano se localiza na Bacia do Alto Inej, onde se centra o estado de Inejongivea. essa região é também muito densa, e o centro da cultura Inejonge. Conexões Ferroviárias e Rodoviárias nessa região são geralmente reconhecidas como piores que as no Oeste do País, mas são de altíssima qualidade em padrões Astarteanos Gerais. essa região também é lar de suas próprias instituições acadêmicas e um ambiente de Mídia Único, criado pelas diferentes significativas linguísticas e preocupações politicas Inejonges, além de algumas outras diferenças culturais. A 3ª Região é os grandes Corredores do Sul, tanto pela costa quanto pelas linhas centrais que conectam as poucas cidades no expansivo sul de Kylmättä aos dois centros mencionados previamente. essa região é majoritariamente definida pela dominação da infraestrutura ferroviária, pela centralidade da área urbana, e pela distancia dos centros de importância. no Contexto do Sul de Kylmättä, a Maior Cidade é Opekat-Karua, no estado de Saarenvea. A 4ª e Ultima região de Kylmättä é a região bastante isolada de regiões como o Sul de Saarenvea e Kyämdäm, e amplas regiões entre os corredores do sul, onde pouquíssimas pessoas vivem. essa região é definida por ser isolada, e possui uma infraestrutura mais fragilizada do que muito do resto do país.

Energia[editar | hide | editar código-fonte]

Energia em Kylmättä é dominantemente produzida por meio de usinas hidroelétricas, e controlada pelo estado. Como uma Federação, controle de energia em Kylmättä é controlada por uma variedade de instituições estatais, junto com uma controlada pelo governo federal, que é a maior provedora e produtora de energia do país, a Companhia de Energia Mättä. provedoras menores incluem a Vesvälsähköä, em Vesvälveä, a HydroInejonge, em Inejongivea, a Autoridade Elétrica Metropolitana, na Grande Vosvamodan, a Enlelsähköä, em Enlelnetä, e o Conselho Unificado de Eletrificação do Saaren, em Saarenvea. algumas companhias privadas e cooperativas elétricas menores também existem, mas a única com um mercado notável é a Companhia Elétrica do Vale Central, em Vesvälveä.

Com Auxilio do governo de Auberon, a Autoridade Elétrica Metropolitana e a Vesvälsähköä estão planejando um Modelo Padrão Mättä para Energia Nuclear (MPM-EN), para criar um modelo seguro e flexível que pode ser utilizado amplamente dentro de Kylmättä, apoiado pelo Ministério de Energia do governo federal. Já que Kylmättä possui algumas reservas internas de Urânio, junto com o desejo de utilizar tecnologia moderna, junto com manter poluição de partículas limitado pelo Ato de Ar, Água e Terras Limpas, 5989.

Transportes[editar | hide | editar código-fonte]

Ciência e tecnologia[editar | hide | editar código-fonte]

Mídia e Comunicações[editar | hide | editar código-fonte]

Esportes[editar | hide | editar código-fonte]

Esse artigo é sobre um estado-soberano da Liga das Nações.
  1. Número pode mudar Radicalmente apartir do 1º de Yohan, quando o Governo Autonomo Provisorio de Kyämdäm expirar, e o GAP potencialmente se tornar parte do estado. ver: Referendo de Kyämdäm de 6010