Sundimisänto

De UBRwiki
Ir para navegação Ir para pesquisar

Império de Sundimisänto
Bandeira de Sundimisänto
Bandeira Brasão
Lema: Sob o Olhar do Imperador Progredimos
Gentílico: Misänto

Localização

Localização de Sundimisänto em Adalar.
Capital Djinemmätin
Cidade mais populosa Jumalnis
Língua oficial Mättano e Katëpa
Governo Monarquia Constitucional Parlamentarista
 - Imperador Gustaf II
 - Presidente do Conselho de Ministros Enël Ägeta
 - Primeiro-Ministro Väino Ayokunle
 - Presidente da Suprema Corte Mikael Kayene
Eventos Históricos Ano 
 - Colonização por Kylmätta  
 - Elevação a Vice-Reino  
 - Declaração de Independência  
 - Criação da Primeira Constituição  
Área  
 - Total 449 962.5 km² 
População  
 - Censo 6 000 24 846 929 hab. 
 - Densidade 55,22 hab./km² 
PIB (base PPC)
 - Total $ 24 151 214 988 
 - Per capita $ 972 
Moeda Pläti ₰ (PLT)
Fuso horário (UTC-5, -4)
Org. internacionais Liga das Nações
Cód. ISO SDS
Cód. Internet .su
Cód. telef. +56
Website Sundimisänto.gov


Sundimisänto, Oficialmente Império de Sundimisänto é um país localizado na Letânia Oriental, faz fronteira com Koñamará ao Norte e é banhado pelo Mar Galico ao Sul

Linha do Tempo[editar | hide | editar código-fonte]

Imperador Mikael I- (5872-5894) - Guerra de Independência, Estabelecimentos das primeiras Instituições, Tratados econômicos com Bimesi, Primeira Revolta Mättana

Imperador Mikael II - (5894-5919) - Crescimento Econômico, Aumento na Importação de Escravos, Exploração do Interior, Delimitação de Terras Indígenas, Grande Revolta Escrava

Imperador Mikael III - (5919-5926) - Declínio Econômico, Instabilidade Política, Abolição da Escravidão, Morte prematura do imperador por doença

Imperador Kai - (5926-5928) - Segunda Revolta Mättana, Exílio do Imperador

Grande Guerra Civil (5928-5933) - Guerra Civil Entre Norte (Monarquista) e Sul (Republicano), Fim da Guerra e Retorno do Imperador

Imperador Kai 2.0 - (5933-5972) - Perseguição de Republicanos e Dissidentes Políticos Durante Todo o Reinado, Isolamento Econômico, Nacionalização dos Recursos Naturais, Estabelecimento da Polícia Secreta, Propaganda Política, Fanatismo Nacionalista, Contínuo Declínio Econômico, Monarca é forçado a abdicar pelo seu próprio filho

Imperador Gustaf I - (5972-5995) - Fim das Perseguições, Abertura Econômica, Descoberta de Petróleo, Tentativa de Golpe, Execução e Exílio dos Remanescentes Nacionalistas, Fim da Crise, Renascimento Econômico, Reforma Agrária, Política e Militar, Criação da Primeira Constituição, Renovação de Tratados Econômicos com Ushktëp e Kylmätta, Criação das Primeiras Estatais Formais, Início do Processo de Democratização e Estabelecimento das Novas Instituições Nacionais

Imperador Gustaf II - (5995- ) - Fim da Consolidação Democrática e Institucional, Liberdade de Imprensa, Estabelecimento de um Ideal Legalista nos Escalões do Exército, Acúmulo de Capital nas Cidades, Enriquecimento da Burguesia, Aumento do Setor de Serviços, Construção em Massa de Linhas Ferroviárias, Surgimento de um Novo Sentimento Patriótico, Enriquecimento Devido ao Rápido Aumento das Exportações, Estabilidade Política e Econômica, Modernização das Cidades, Criação do que Será o Embrião de um Sistema Universal de Educação e Saúde, Surgimento dos Primeiros Sinais de Uma Revolução Industrial Iminente

Esse artigo é sobre um estado-soberano da Liga das Nações.