Tratado Intercontinental Münoe-Saimanês de Infraestrutura Ferroviária - TIMSIF

De UBRwiki
Ir para navegação Ir para pesquisar

Informações do Acordo[editar | hide all | hide | editar código-fonte]

Tópicos do tratado:[editar | hide | editar código-fonte]

1º-[editar | hide | editar código-fonte]

Custos de construção ficam no governo de Münoe

2º-[editar | hide | editar código-fonte]

Custo de manutenção é custeado por Münoe

3º-[editar | hide | editar código-fonte]

Transporte militar e de oficiais é por conta da empresa.

4º-[editar | hide | editar código-fonte]

Exigência de dados financeiros uma vez por ano

5º-[editar | hide | editar código-fonte]

5 anos de isenção de imposto

6º-[editar | hide | editar código-fonte]

Expansões tem que ser garantidas pelo estado

7º- propriedade total do RoW e todo o resto da Infraestrutura, junto com:[editar | hide | editar código-fonte]

7.1º-[editar | hide | editar código-fonte]

toda a area categorizada como "não-habitada" por 2 quilômetros do RoW fora de areas urbanas;

7.2º-[editar | hide | editar código-fonte]

uma area de 100 metros ao redor do RoW dentro de areas urbanas, em Adição de qualqueres areas extras a serem ocupadas por estações.

7.3º-[editar | hide | editar código-fonte]

para areas categorizasas como "habitadas" cercadas por areas não habitadas, essas devem ser ignoradas e deixadas para seus donos já reconhecidos, com possiveis excessões podendo ser feitas a gosto do governo de Münoe.

8º-A empresa dá 5% dos lucros para o estado.[editar | hide | editar código-fonte]

Linhas Férreas Construídas[editar | hide | editar código-fonte]

Linhas Férreas Planejadas[editar | hide | editar código-fonte]