Tratado de Construção de Estrada de Ferro Saiman-Selagawi - TCEFFS

De UBRwiki
Ir para navegação Ir para pesquisar

Informações sobre assinatura[editar | hide all | hide | editar código-fonte]

Data de assinatura do contrato: 05/09/6009

Local de assinatura do contrato: Dangtan

1º- Sobre RoW[editar | hide | editar código-fonte]

A empossação, pela parte do governo de Selagawi, de todas aquelas terras que a ferrovia requer para a construção de sua infraestrutura, incluindo aquelas terras que compõem a área do trilho, das áreas de manutenção, e de outras tais áreas que são consideradas pela companhia como "partes essenciais para a construção da ferrovia ou do estabelecimento da companhia", com todas essas propriedades sendo Adquiridas pelo Governo de a Selagwai e instituídos como propriedade privada da companhia.

2 - Sobre Subísios[editar | hide | editar código-fonte]

O Governo de Selagawi funde por inteiro um plano inicial a ser declarado pela companhia ferroviária, e que funde por 19 sciaths da parte do governo a 1 sciath na parte da companhia potenciais custos que a companhia pode incorrer, sejam eles de Operação, Capital, ou Outros Custos.

3- Sobre isenção de impostos/tarifas[editar | hide | editar código-fonte]

que a Companhia será isenta de qualquer imposto ou taxa na parte do Governo de Selagawi até o primeiro dia do ano de 6020

Linhas Férreas Planejadas[editar | hide | editar código-fonte]

Linhas Férreas Construídas[editar | hide | editar código-fonte]

Implicações adversas[editar | hide | editar código-fonte]

Criação da Polícia Ferroviária Saimanesa[editar | hide | editar código-fonte]

A pedido, como parte indireta do acordo, do governo de Selagawi, Saiman ficou responsável de fazer o policiamento das ferrovias que construiria em Selagawi, portanto assim criando a necessidade da criação de uma força paramilitar que atuaria como uma polícia ferroviária nos países aonde Saiman constrói suas ferrovias.

Os custos de operação dessa polícia ficarão dentro do acordo de subsídios 1:19 Saiman-Selagawi.

A força paramilitar saimanesa foi inaugurada no dia 10/09/6009 como um resultado do tratado bem sucedido entre Saiman e Selagawi.