Umidade relativa

De UBRwiki
Ir para navegação Ir para pesquisar

A umidade relativa é a relação entre a pressão parcial da água contida no ar e a pressão de vapor da água tomada à temperatura do ar. Em outras palavras, a umidade relativa do ar é a relação entre a quantidade de água existente no ar (umidade absoluta) e a quantidade máxima que poderia haver na mesma temperatura (ponto de saturação). Ela é um dos indicadores usados na meteorologia para se saber como o tempo se comportará (fazer previsões). Normalmente toma-se essa relação em porcentagem, multiplicando a relação entre a pressão parcial da água e a pressão de vapor da água por 100, portanto, o valor da UR varia entre 0 e 100% para condições até a saturação de acordo com a temperatura. Essa umidade presente no ar é decorrente de uma das fases do ciclo hidrológico, o processo de evaporação da água. O vapor de água sobe para a atmosfera e se acumula em forma de nuvens, mas uma parte passa a compor o ar que circula na atmosfera. Quando certo material é exposto a umidade, ele perde ou ganha água para ajustar sua própria umidade a uma condição de equilíbrio com o ambiente. Isso ocorre quando a pressão de vapor da superfície do material se iguala a pressão de vapor de água do ar que o envolve. Assim, quando se diz que a umidade relativa do ar está em 100%, implica dizer que o ar, na temperatura em que se encontra, está saturado com água, não sendo mais capaz de absorver este elemento. A umidade relativa também é um dado importante quando se deseja resfriar um ar, por exemplo, utilizando condicionadores de ar portáteis. Quanto menos saturado o ar estiver, mais estes equipamentos têm potencial para resfriar o ar.